Entendendo o Socialismo

fique-por-dentro-saiba-como-estimular-a-criatividade-na-sala-de-aula

Vamos entender um pouco de socialismo através de um professor de economia da universidade do Texas. O professor diz que nunca reprovou um aluno, mas uma vez reprovou uma classe inteira.

Essa classe em particular tinha insistido que o socialismo realmente funcionava, ninguém seria pobre, ninguém seria rico, tudo seria igualitário.

Bom, o professor vendo a situação, propôs um experimento socialismo dentro de sala de aula, mas em vez de usar dinheiro, usou-se as notas nas provas, todas as notas seriam concedidas conforme a media da classe; isso então dizia que todos receberiam as mesmas notas.

Na primeira prova os alunos estudiosos se esforçaram bastante e alcançaram a nota 10 nas provas, porém os alunos preguiçosos não estudaram muito e tiraram apenas 6. Sendo assim a nota de todos os alunos foram 8.

Na segunda prova os alunos estudiosos vendo que podiam estudar o que for que não aumentariam suas notas, já que os preguiçosos sempre tirariam notas baixas; decidiram estudar menos como os preguiçosos e tiraram nota 6. Os preguiçosos vendo que seriam beneficiados pelos estudiosos decidiram não estudar nada para a prova e tiraram 0. Enfim como media final foi-se nota 3 e ninguém gostou disso.

Na terceira prova os alunos estudiosos não quiseram estudar mais, adotando a mesma ação dos preguiçosos, sendo assim a media da turma foi 0.

Então começou-se um conflito dentro da sala de aula, pois procuravam achar um culpado devido a nota 0 na classe, e um ar de magoa existia naquela classe.

No final do experimento o professor explicou que o experimento socialista tinha fracassado porque ele foi baseado no menor esforço possível da parte dos seus participantes; preguiça e magoa foram o resultado. Sempre haveria fracasso na situação a partir da qual o experimento tinha começado.

Então para concluir, disse o professor: Quando a recompensa é grande, o esforço pelo sucesso é grande, pelo menos para alguns de nós, mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar dos outros sem seu consentimento para dar a outros que não batalharam por eles, então o fracasso é inevitável. É impossível levar o pobre a prosperidade através de legislação que punem os ricos pela prosperidade. Cada pessoa que recebe sem trabalhar outra pessoa deve trabalhar sem receber, o governo não pode dar pra alguém aquilo que tira de outro alguém, quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população ira sustenta-la, e quando a outra metade entende que não vale a pena trabalhar pra sustentar a outra metade, então chegamos ao nicho do fim de uma nação.

É impossível multiplicar a riqueza dividindo-a. encerrou-se a aula o professor.

 

Já conferiu o livro sobre autoestima? confira Clicando aqui!sorriso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s